quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Acidentes em cozinha: queimaduras

As queimaduras mais comuns são as provocadas por líquidos e a maioria das vítimas são as crianças.

O álcool líquido está envolvido em grande parte dos acidentes que provocam queimaduras. Em 2002, a venda desse tipo de álcool, muito inflamável, foi proibida. Os acidentes diminuíram em 60%, mas os fabricantes conseguiram uma liminar e o produto voltou ao mercado. O número de vítimas de queimaduras subiu novamente.

O tratamento de queimaduras envolve uma equipe multiprofissional especializada na área, pois é necessário um tratamento qualificado tanto na fase aguda como principalmente no período de recuperação e reabilitação. Os cuidados devem ser especiais com crianças queimadas. Temos que observar se a criança está respirando bem, notar se os batimentos cardíacos estão normais, se a criança está desidratada ou não e a quantidade de pele queimada. É importante aguardar o socorro especializado e não agir imprudentemente para evitar problemas maiores, se possível levar o paciente para o hospital mais próximo. “Infelizmente para a pessoa queimada o primeiro atendimento na maioria das vezes, é feito no próprio local por pessoas leigas que nesse caso, por ausência de programas sociais de educação especifica, acabam por aumentar o efeito da queimadura ao agir de forma inadequada”.

Classificação:
Primeiro grau: apresenta lesões apenas da camada superficial da pele, provocando uma intensa coloração vermelha do local afetado, não apresentando bolhas.

Segundo grau: atinge uma porção mais profunda da pele, causando bolhas e rachaduras na pele, além de intensa dor e vermelhidão no local afetado. Pode ocorrer sangramento nas feridas.

Terceiro grau: são mais profundas, atingindo todas camadas da pele. O paciente não se queixa de dor devido à completa destruição das terminações nervosas na área.

Quarto grau: destruição completa de todos os tecidos desde a epiderme até o tecido ósseo subjacente. “Na queimadura de 4º grau a lesão estende-se além da camada gordurosa subcutânea para outros tecidos subjacentes como: fáscia, músculo ou osso”.

Principais fontes de acidentes
As fritadeiras elétricas apresentam riscos de queimaduras nas mãos / braços nas operações de frituras. Derramamento de óleo durante a operação. Queda de pessoas ao redor da fritadeira. Princípio de incêndio no equipamento devido a falta de termostato, defeito no equipamento ou uso inadequado do equipamento.

Como prevenir: Utilizar mangotes de kevlar ou tecido não inflamável ao trabalhar com frituras; colocar o óleo somente até o nível recomendado; fazer a limpeza periódica do piso durante a operação; todos equipamentos de fritura devem ter termostato; desligar o equipamento após o término da operação; utilizar cestos de frituras seguros.

Panelas, panelões e/ou caldeirões apresentam riscos de queimaduras na face / braços ao levantar a tampa dos mesmos; no corpo ao verter de uma só vez alimentos dentro do equipamento contendo água quente; nos pés / pernas ao soltar água quente.

Como prevenir: Fazer a descarga do vapor antes de abrir a tampa (ou abrindo-a lentamente); colocar os alimentos dentro dos mesmo, devagar e com a ajuda de acessório adequado; ficar longe do ponto da descarga do vapor.

Fornos apresentam riscos de queimaduras nas mãos e braços ao retirar formas do forno; na face e braços ao abrir o forno; pelo corpo ao encostar no forno; pequenas explosões ao acender o forno a gás.

Como prevenir: Utilizar sempre luvas térmicas ao retirar formas dentro do forno; travar a tampa do forno evitando que a mesma caia sobre o antebraço, queimando-o; evitar circulação de pessoas próximo ao forno ligado; acender a chama depois abrir o gás.

Banho maria: Queimaduras nas mãos /braços durante a operação; queimaduras nas pernas ao colocar / retirar as cubas dentro do equipamento ou uma vasilha dentro da outra.

Como prevenir: Colocar / retirar as cubas de dentro do equipamento devagar para evitar que a água espirre; colocar a água somente até o nível recomendado pelo fabricante ou, a uma distância adequada do fundo da vasilha que conterá os alimento; ligar o equipamento somente depois de ter colocado a água; desligar o equipamento, retirar a vasilha com alimentos com cuidado e, com as mãos e braços protegidos; retirar a água da vasilha que a contém, com cuidado.

Fogões: Queimaduras por contato na operação; explosões durante acendimentos do fogão por vazamentos de gás; queimaduras devido bater em cabos de panelas derrubando o vasilhame; queimaduras /incêndios devido utilização de meios impróprios para acender o fogão (palitos embebidos em álcool).

Como prevenir: Use sempre avental antichamas durante as operações; verifique sempre se há vazamentos no fogão antes de acendê-lo; manter os cabos das frigideiras e de outras panelas viradas para trás; usar sempre acendedores específicos e seguros tipo magi-click; secar periodicamente a área ao redor do fogão.


F A C I L I D A D E S
+ Acompanhe este blog pelo twitter.
+ Receba aviso sobre novos textos em seu email. Cadastre-se!
+ Antes de imprimir este texto, pense na sua responsabilidade com o meio ambiente: click aqui!