quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Solteiro ou casado?


Ganhei um quilo e meio de marmelos. Grandes marmelos. Belo presente de Dia dos Pais.

Como no ano passado lá fui eu fazer minha marmelada. Resolvi mudar um pouco a receita que fiz. Misturei um pouco a idéia do processo industrial com o processo artesanal. Ficou mais rústica.

Assim, lavei-os bem com uma escovinha, higienizei eles com solução clorada e cortei-os, retirando o que não era marmelo... Coloquei numa panela para um cozimento básico. Amolecidos, passei por uma peneira e levei ao fogo com 500g de açúcar cristal.

Nesse processo usei meu tachinho de cobre e uma das colheres de pau T&D, da coleção.

Muita paciência para ficar mexendo devagarinho ou "tomando conta como se fosse uma criança" até que pudesse ver o fundo da panela. Não queria que ficasse no ponto de "corte", mas no de "colher".

Esterilizei vidros para guardar para momentos especiais.

Ai o complemento veio com a idéia de um "biscotti". Simples assim...

Na tigela, 100g de manteiga pomada e 80g de pó de engenho peneirado. Bem misturado até fazer um creme leve. Adicionei uma gema peneirada e novamente bati com a ajuda de um batedor de arame.

Havia separado farinha de trigo de grão duro - duas xícaras - para usar. Fui peneirando e lentamente misturando até que ficasse em ponto de moldar. Unidos e flexível.

Botei ela para uma cochilada, cobertinha, por meia horinha. Uma sestinha, não?

Duas folhas de papel vegetal serviram de coberta para que ela fosse aberta no plano de trabalho. Ficou grossinha como convinha. Com um cortador, fiz os biscoitos. Coloquei sobre um silpat e forno baixinho para dourar e secar. Crocar, como costumo dizer.

Ai, a diversão fica por conta de quem fizer: solteiros ou casadinhos? O creme pode ser de qualquer fruta. Faça você mesmo a sua. Vá reduzindo a quantidade de açúcar até ficar no ponto de você perceber quase apenas o sabor da fruta... Vais descobrir novos sabores nos doces. E mais saúde.




[clique sobre a imagem para ampliar]


Agora você já pode receber estes textos em seu email. Cadastre-se!

7 comentários:

Fer Ayer disse...

Estou aqui me divertindo hoje...eu procurei como louca uma receita que me escolhesse ontem para fazer uns biscoitos, achei uma e acabei de fazer...dpai sento no computador para ler meus blogs e encontro seus biscoitos, os do Vitor Hugo (Prato Fundo) e o da Mariana (Caos na Cozinha), tudo no mesmo dia...só rindo mesmo...
Beijos

Anônimo disse...

Carlinhosssssssssss!!!!!!!!!
Solteirinhos são melhores!!!!!!!!
Dá prá passar um sabor em cada um. Assim, se come variado e não enjôa!!!!!!!!
Viva!!!!!!!
Beijas!!!!!!!
Li

Fer Ayer disse...

Até citei os biscoitos lá no meu blog...
Beijos

Luiz Antonio disse...

Carlinhos solteirinhos tb!!!!
Como disse a Li!!!
Os solteiros não enjôam.....
ABs

Clarissa Magalhães disse...

Carlinhos,
Faz tempo que não te visito...
Nunca vi um marmelo,vc tem foto??
nutri mais ignorante eu....rs
um bjão

carlinhos de lima disse...

Oi Clarissa. Mandei pro teu email alguns dados. Apareça mais vezes...

Casados(as) também são ótimos (as). Enjoar depende dos componentes...

Obrigado, Fer. Mas biscoitos são assim mesmo: temperamentais, imprevisíveis.

Li, só você mesmo.

Agdah disse...

Minha avó adorava fazer doces e dizia que só em panela de cobre.

Eu nunca comi os tais marmelos. Agora, venha cá, como é manteiga pomada e pó de engenho?