quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Uma brincadeira


Foi o que fiz, relembrando (sempre) uma experiência maravilhosa que tive na cozinha de um bolivariano do coração que aprendi a respeitar.

Na cozinha dele aprendi que em tempos de friozinho de noite, uma sopinha ajuda a esquentar o papo na mesa antes do jantar ser servido. A cada dia rolava uma brincadeira diferente.

E, aqui, usei uma dela: o pózinho de bacon.

É preciso um pouco de paciência, para os perfeccionistas: o bacon precisa ser cortado em pequenos cubos. Ai ele vai para uma frigideira, sempre mexendo para que todos possam estar dourados ao mesmo ponto.

Quando chega o momento, coloca-se numa peneira, para escorrer o quanto ainda ficou de gordura. Depois de bem sequinho, ele usava. Eu, mais maníaco ainda, coloco numa tábua de cortes e lá vou com minha faquinha picando mais até que vire uma farofinha.

A sopinha, uma tradicional, feita com ervilhas secas que todo cozinheiro sabe fazer. Ou deveria...

Depois de cozida, passo na peneira duas, três vezes, para homogeneizar. Volta ao fogo com um fio de azeite da melhor qualidade, umas duas ou três voltas no moinho e um tantinho de manteiga para acrescenter untuosidade.

No mais, escolha o palco da sua graça: eu escolhi esse copinho.


[clique sobre a imagem para ampliar]


Você pode dar um "toque" a mais nessa brincadeira: coloque dois "grissinis" no prato de servir. Assim é possível molhar o rissini e saborear enquanto o papo vai rolando...


Agora você já pode receber estes textos em seu email. Cadastre-se!

16 comentários:

Ana de Bruxelas disse...

Adoro sopinhas assim carregadas de historinhas.
Elas esquentam até a alma ;-)
Esta será feita muito em breve, pois amo ervilhas, lentilhas e afins.
Adorei a sua quitanda!!! ;-)

Merci,
Bisous!!!

carlinhos de lima disse...

Que bom você estar de volta!xtnmdkec

Shirley disse...

Eu tb adoro sopinhas com coisinhas em cima que dão mais sabor. Ainda mais agora que to morrendo de fome (hora do almoço) e tá maior frio polar aqui na empresa. Mas, como sabes, nem a sopinha de ervilha eu sei fazer...rs É uma lástima na cozinha...ehehehe Mas gostei do post mesmo assim.
bjs

Valentina disse...

Adorei este pozinho de bacon. já me vi adaptando o uso para varios outros pratos.

Anônimo disse...

Ficou uma graça esta sopinha no copinho. Você dá um TCHAN nas receitas.
Saudade!
Parabéns!

casaronald disse...

NÃO VI MEU COMENTÁRIO?!

carlinhos de lima disse...

Ô Casa Ronald... deve ter acontecido algum problema, então.
Escreve de novo?

Anônimo disse...

bacon? mas isso é permitido na sua rigorosissima dieta?

Adriana disse...

Sempre com seu toque especial!É um prazer passar por aqui!

Pitanga Doce disse...

Carlinhos vim agradecer sua visita. Como pôde perceber meu blog não é "culinário". hehe
Vi aqui ao lado um link sobre o Museu do Pão em Seia, Portugal? Já estiveste lá?

abraços de Pitanga Doce

carlinhos de lima disse...

Oi Pitanga...
Não estive lá mas laços me remetem ao pão em si e a Portugal, terra de meu vô.
Numa dessas andanças acabei chegando lá e deixei registrada a referência...
Explore mais este blog. Certamente encontrarás algo que te abra a fome...

Pitanga Doce disse...

Carlinhos, acabo de chegar de uma viagem em que comi o que não devia e bebi o que não podia e me mandas explorar o blog para abrir a fome?? Eu preciso passar a chá com torradas até o Natal. hehehehhe

abraços

carlinhos de lima disse...

Pitanga, o mais importante são as quantidades...
Assim, um pãozinho aqui, uma massinha ali, uma sopinha e uma tortinha de chocolate não fazem mal...

Pitanga Doce disse...

A resposta já está lá. Leia, veja anime-se e vá!

abraços de boa noite

carlinhos de lima disse...

Animado para ir, sempre estive.

caosnacozinha disse...

Adorei o visual e a combinação. Sopa de ervilha assim é um aconchego de Inverno maravilhoso!

Beijo *
Mariana